sábado, 9 de abril de 2011

Creche de Canguaretama compadece por bebedouro em ruínas!!!

       O Art. 4º, descrito abaixo foi extraído a partir do Estatudo da Criança e do Adolescente:
       Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.
       Alguns dias atrás participando de um evento em uma conhecidíssima CRECHE da cidade de Canguaretama, fomos surpreendidos pelas péssimas condições de conservação em que se encontrava o bebedouro daquela instituição pública.
       Foi percebido, ainda, que além do bebedouro em condições impróprias para aquelas  pequeninas crianças, faltava também: tv, aparelho de som, brinquedos pedagógicos sufientes para  tornar a creche um ambiente mais atrativo para nossos fillhos.

2 comentários:

  1. Esta realidade é de muitas escolas do nosso município, Onde está os governantes que n veem isto na hora de prometer é todo interessado em ajudar, a verdade é q pgmos impostos e nossos filhos devem ter escolas d qualidade, quem pode busca as escolas particulares quem n se assujeita a esta pouca vergonha .

    ResponderExcluir
  2. Amigos, essa infeliz realidade não é privilégio apenas da Creche Canguaretama, visitem as Escolas do Municipio e reserve espaços para as fotos pois serão muitas.Sou Professor que teve apenas 5% de reajuste do piso quando o governo federal determinou 15,87%, sei o que estou dizendo. Vão e comprovem.Aviso se estiver chovendo, levem capa e guarda-chuva pois as goteiras nas Escolas são um espetáculo a parte.

    ResponderExcluir

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;