domingo, 17 de abril de 2011

O Mercado Público de Canguaretama Grita por uma Grandiosa Reforma!

Mercado Público de Canguaretama 
               "O arquiteto do Mercado já previa a abertura de quatro ou até oito portas no imóvel, como indicado na figura acima. Ao contrário do que o professor teria dito a abertura dessas portas não vai afetar em nada o formato original e muito menos a estrutura da construção".
Extraído do Blog: http://hairdressersbrasil.blogspot.com        
   
              Desde os primórdios de nossa história contemporânea, o prédio público que tem por finalidade garantir  o sustento financeiro de diversas famílias, bem como, promover a prática do comércio de pequeno porte e a preços populares passou a ser um ÍCONE de nossa cidade por sua total preservação arcaica e anti-moderna.
              Esta semana, nossa redação foi procurada por um cidadão canguaretamense que mora já há mais de 20 anos no RJ e demonstrou profunda intolerância e decepção por encontrar o nosso MERCADO PÚBLICO, com o mesmo cenário primitivo e inadequado aos novos tempos. " Foi com se voltasse 20 ou 30 anos no tempo", disse ele à nossa redação.  "Com exceção das modificaçoes feitas no açougue na administração do ex-prefeito Edmilson Faustino, nada de inovador pode ser observado".
Imagens meramente ilustrativas e sugestivas
           O Mercado Público de Canguaretama grita por uma grandiosa reforma onde os comerciantes que lá tiram seu honesto sustento possam trabalhar com mais segurança, conforto, atratividade aos seus clientes e cidadania. Precisamos de políticas públicas que venham honrar o progresso e o desenvolvimento sustentável para nossa cidade. É mais do que nescessário projetar Canguaretama para o futuro preservando nossas raízes e respeitando nosso povo. 
           Canguaretama necessita de um Mercado Público possuídor de uma estrutura moderna e que possibilite seu funcionamento noturno, afim de atender a uma maior clientela e garantir mais empregabilidade e aumento da renda aos comerciantes que integram este setor comercial. 
Foto meramente ilustrativa e sugestiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;