sexta-feira, 22 de abril de 2011

" Eles Não Sabem O Que Fazem"... Abaixo os Faraós! Abaixo a Tirania!

Prof. Erivan Ferreira

      A Palavra "PÁSCOA", segundo o dicionário Aurélio, significa a festa anual dos hebreus, que comemora sua saída do Egito. Também significa a festa anual dos cristãos, que comemora a ressureiçaõ de Cristo.
      Legal que muitos de nós fiquemos felizes com a Semana Santa, com a Páscoa, momentos de nos confraternizar, nos alegrar, de dar e receber ovos de Páscoa... 
       Muito bem! Mas os nossos Pais religiosos, os Judeus, foram escravizados no Egito (Império naquela época). Ficaram como escravos muitos anos... Até que, com ajuda de Deus, conseguiram sair da escravidão e voltar à terra prometida e foi o que ocorreu por coincidência ou projeto Divino também nesta mesma época da Páscoa e, assim, então, a comemoração dos Judeus passou a ser a da Passagem, do Êxodo, da libertação da terra do Egito.
         Amigos Canguaretamenses... Será que na sociedade moderna que engloba nossa triste realidade, podemos nós, O POVO DA PENHA, sermos comparados ao POVO JUDEU? Será que estamos nos sentindo perseguidos por um temido FARAÓ EGÍPCIO? 
            OS FILHOS DESTA CIDADE também esperam pela  "TERRA PROMETIDA".
            O Exodo foi a libertação do povo de Israel da terra do Egito após a peregrinação de 40 anos! O povo foi liberto através de Moisés, o amigo de Deus e seu porta voz.
            Canguaretama também terá seus "MOISÉS",  pois necessitamos de um libertador, necessitamos de mais dignidade, mais respeito, mais pátria e acima de tudo: Conclamar nossa CIDADANIA!
"VIVA CANGUARETAMA! VIVA À PÁSCOA! VIVA NOSSOS "MOISÉS"!!!
Este é mais um dos desabafos do seu amigo: Prof. Erivan Ferreira
Abaixo o Voto de Cabresto!! Abaixo o Coronelismo!! Viva à Liberdade!!

Um comentário:

  1. O importante agora é ir ampliando a compreensão dos cidadãos em relação ao âmbito da política municipal, 2012 está à porta e breve chegará o momento do Canguaretamense dizer sim para a verdadeira mudança!!!

    "A apatia política pode ser a expressão de uma espécie de bom senso elementar. Pode ser não só a indiferença dos que podem, mas não fazem, como a dos que compreendem que não podem; na realidade, a recusa de reagir a exigências que se reconhece como impossíveis."

    ResponderExcluir

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;