quinta-feira, 30 de junho de 2011

Crime brutal choca moradores de Piquiri em festa de São Pedro!!!

Imagem meramente ilustrativa
      O tadicional " Arraíá das Raparigas" que ocorre todos os anos em Piquiri - Canguaretama/RN foi abalado por uma confusão envolvendo uma conhecida figura da cidade de Canguaretama: o João de Genival, popularmente conhecido como "JOÃO BOCA DE BELO".
      Segundo informações, o "João Boca de Belo" ao se envolver em uma confusão com outros participantes da festa e após trocar socos acabou sendo esfaqueado e levado em seguida para a capital do RN, onde não se sabe com clareza seu estado de saúde.
      A Equipe do Canguaretama em Chamas torce para que a recuperação do nosso amigo João se dê o mais breve possível.

4 comentários:

  1. PRECISAMOS URGENTE DE SEGURANÇA POIS HOJE EM DIA NÃO PODEMOS NEM SAIR DE CASA,SEGUNDO O QUE ME CONTARAM NÃO HAVIA NEM SEGURANÇAS,NEM POLICIAIS NESTE EVENTO.COMO PODE ISTO ACONTECER!

    ResponderExcluir
  2. Pois meus amigos a coisa tá é feia,enquanto os políticos brigam para não largar o "osso", a população de nossa querida Canguaretama agoniza.
    Falta segurança, empregos, assistência médica,a cidade não se desenvolve e por ai vai...

    ResponderExcluir
  3. Graças a Deus meu tio está bem e recuperando-se, esperamos que os responsaveis por esse crime brutal seja devidamente punido por esse ato covarde e premeditado, pois quem sai de casa portando uma arma não vai com inteção de diverti-se mais com intenção de fazer o mal.
    Obrigada por todas as orações e pensamentos positivos.
    Hérica Bernardo

    ResponderExcluir
  4. EU AGORA VOU NARRA COM O BLOG DE CANGUARETAMA A COMENTAR.
    COM FERNANDO E ERIVAN A PARABENIZAR
    O TRABALHO A COMENTAR
    QUE O BLOG ESTA BOM E LOGO A MELHORAR
    E FERNANDO COMO PREFEITO AO POVO VAI AJUDAR
    QUE O BLOG ESTA BOM COM A CERTEJA A INVEJAR

    ResponderExcluir

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;