terça-feira, 16 de agosto de 2011

Copa Nordeste atrai multidão à arena em Baía Formosa, mas RN perde o título


A 2ª etapa da Copa Nordeste de Beach Soccer, que ocorreu entre os dias 11 e 14 de agosto, em Baía Formosa, foi considerada um sucesso pelos organizadores. A competição reuniu as oito seleções do Nordeste (Piauí não tem federação de Beach Soccer) com jogos em arena montada para 1.500 espectadores. Mesmo com o fim de semana chuvoso, a população de Baía Formosa prestigiou em peso as disputas, em especial os jogos da seleção potiguar. Porém, os norte-riograndenses não conseguiram repetir o sucesso da 1ª etapa da competição. Com o desfalque de André, principal jogador potiguar e que não foi liberado pela seleção brasileira, o Rio Grande do Norte ficou em uma forte chave, com Sergipe, Paraíba e Pernambuco. 
A equipe da casa, comandada pelo técnico Renato Teixeira, até estreou bem, vencendo Sergipe por 5 a 1. No entanto, terminou superada na pontuação da chave por pernambucanos e paraibanos. Nas disputas semifinais, Pernambuco venceu o Maranhão e foi para a final, enquanto a Paraíba foi superada pela seleção da Bahia. Na final, os baianos superaram a equipe de Pernambuco e conquistaram a segunda etapa da Copa Nordeste, enquanto o Rio Grande do Norte terminou a competição em quinto lugar. Com os resultados das etapas de Penedo (AL) e Baía Formosa (RN), a seleção da Bahia segue como líder da disputa regional, com 25 pontos acumulados. O Rio Grande do Norte é o segundo colocado, com 19 pontos, seguido pelo Maranhão (14 pontos) e Pernambuco (13 pontos. Ainda haverá mais uma etapa, em local a ser definido, e os quatro melhores na classificação final disputarão a Super Final da Copa Nordeste 2011. 
Fonte: Portal Nominuto (adaptado)

Um comentário:

  1. vc tem mais fotos da etapa de baia formosa da seleçaõ do rn? se tiver responda por e-mail = vcddfg@bol.com.br

    ResponderExcluir

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;