domingo, 28 de agosto de 2011

Cultura Popular: Chegança de Canguaretama se apresentou no Centro de Turismo

Fonte: http://twitpic.com/6cohn0
Foi comemorado no dia 22 de agosto o Dia do Folclore. Para Deífilo Gurgel, o RN é o estado mais rico em folclore do Brasil, tendo em Luís da Câmara Cascudo o maior nome do folclore brasileiro. A cidade de Canguaretama detém entre os grupos autênticos sobreviventes  o Fandango e Chegança . Dados do IBGE colocam o RN no 3º lugar no ranking brasileiro entre os estados que apresentam cultura popular.

Chegança

O auto da Chegança é muito semelhante com o Fandango pela indumentária dos participantes (oficiais e marujos portugueses), deste se destingue, pelo seu núcleo dramático, um combate naval travado entre cristãos e mouros, inspirado nas lutas pela Restauração da Península Ibérica, no qual intervêm figurantes caracterizados de mouros. O elemento cômico do espetáculo está representado nas pessoas do Ração (cozinheiro) e do Vassoura (faxineiro). O acompanhamento musical restringe-se a instrumentos de percussão, tambor e caixa.  A chegança é representada como cenas marítimas, culminando pela abordagem dos mouros, que são vencidos e batizados, Os episódios mais curiosos são a descoberta do contrabando dos guardas-marinha, as lutas e brigas entre oficinas, a tempestade, as canções líricas etc. Na Barra do Cunhaú a Chegança é brincada com uma Barca de barro fixa no chão. Os marujos saíam com um pequeno barco na mão, cantado pelas ruas, avisando do início da festa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;