quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Irmão de Wilma de Faria é condenado por superfaturamento

Carlos Faria será obrigado a devolver R$ 25 mil ao erário pelo sobrepreço praticado em contratação de empresa para evento.
Por Dinarte Assunção, com informações do TCE/No minuto.com


O irmão da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), Carlos Faria, foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) a devolver R$ 25 mil ao erário por irregularidades em prestação de contas de serviços de shows em Currais Novos, dentro do programa "Governo nas Cidades".
O relator do processo, conselheiro Carlos Thompson, indica que houve superfaturamento de R$ 25 mil sobre contrato de R$ 176 mil na contratação da empresa Tática Promoções e Serviços Ltda. Não foi informado o ano referente à contratação.
Cópias do processo serão encaminhadas para análise e tomadas das providências cabíveis junto ao Ministério Público Estadual. Carlos já foi condenado antes a pagar R$ 2 mil, junto com Ítalo Gurgel, apontados como benefiários de esquema que ficou conhecido por "Foliaduto" e que contratou "shows fantasmas" entre o fim de 2005 e início de 2006.
Fonte: VNT Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;