quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Em Breve: Concurso público para o cargo de Professor da rede estadual do RN!




O edital do concurso público para o o cargo de professor da rede estadual do RN vai ser publicado até a sexta-feira (14), mesmo dia em que começa o período de inscrição no certame. A informação foi confirmada pelo diretor-geral da Escola de Governo, Giovani Carvalho. Ainda segundo ele, o contrato com a Fundação Cesgranrio já foi assinado, a banca foi escolhida por dispensa de licitação e o extrato foi publicado no Diário Oficial do Estado, no último dia 07.

O certame oferecerá 3.500 vagas, sendo 2.900 vagas para professores e 600 para pedagogos. A oferta contempla todos os componentes curriculares: Biologia, Ciências, Arte, Educação Física, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Matemática, Língua Portuguesa, Língua Espanhola, Química, Filosofia e Sociologia. A oferta também contempla vagas para professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental.
As inscrições serão feitas de 14 a 24 de outubro e as provas no dia 20 de novembro. As contratações dos professores devem acontecer até 28 de fevereiro do próximo ano, prazo acordado em audiência com o juiz da 4ª Vara da Fazenda Pública, Cícero Martins de Macedo Filho, e com a promotora de justiça, Carla Campos Amico. Com relação a valores, o salário para professor de nível três é de R$1.246,35”, disse Giovani.
O Governo acredita que, considerando a dinâmica na rede estadual de ensino, que conta com 710 escolas, quase 20 mil professores e 310 mil alunos, as vagas disponibilizadas pelo novo concurso devem cobrir o déficit de educadores em sala de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;