segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Igreja celebra Festa dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu

 
A Igreja Católica celebra a memória dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, nesta segunda-feira, 3 de outubro. No Rio Grande do Norte hoje é feriado estadual.
A Arquidiocese de Natal celebrará a data, na Comunidade de Uruaçu, no município de São Gonçalo do Amarante, no local onde há um Monumento em honra dos Mártires. Lá, na segunda-feira, às 15 horas, haverá show com a banda católica Nova Aliança e, às 16 horas, show com a cantora Maria do Rosário. Às 18 horas, será celebrada missa, presidida pelo Arcebispo, Dom Matias Patrício de Macêdo. Caravanas de fiéis, de todos os recantos da Arquidiocese, se dirigirão a Uruaçu, no dia 3, para participarem das festividades.
No território da Arquidiocese de Natal, existem quatro paróquias dedicadas aos Mártires. Todas também estão em festa, nestes dias.
Na Paróquia do Beato André de Soveral, em Emaús, a programação festiva começou dia 25 de setembro e segue até o dia 3. Diariamente, às 5 horas da manhã, há caminhadas penitenciais, e, às 19h30, missa. Na próxima segunda-feira, às 16 horas, haverá procissão e missa, encerrando a programação.
No bairro de Cidade Verde, a Paróquia do Beato Mateus Moreira, encerra a festa do padroeiro, no domingo, dia 2, às 18 horas, com a apresentação de uma peça teatral sobre a história dos Mártires. A peça é dirigida pelo pároco, Padre Tomás Silveira Neto.
O Santuário dos Mártires, no bairro de Nazaré, em Natal, encerrará os festejos em honra dos padroeiros, na segunda-feira, às 9 horas, com missa solene, presidida pelo Arcebispo, Dom Matias Patrício de Macêdo. À tarde, os fiéis irão, em peregrinação, para a comunidade de Uruaçu.
Já a Paróquia do Beato Ambrósio Francisco Ferro, no Planalto, em Natal, só celebrará a festa do padroeiro, no período de 21 a 31 de outubro.
Os Bem Aventurados Padre André de Soveral, Padre Ambrósio Francisco Ferro, Mateus Moreira e companheiros leigos foram beatificados, pelo Papa João Paulo II, em 5 de março de 2000, na Praça de São Pedro, no Vaticano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;