sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Juiza do RN é surpreendida pelo noivo durante casamento coletivo



A 26ª edição do programa Justiça na Praça, que aconteceu durante esta sexta-feira (30) foi marcado por mais de 100 casamentos. Na Praça do Conjunto Estrela do Mar, em Extremoz, o projeto realizou 70 casamentos comunitários, além de outros 31 registrados na cidade de Barra de Maxaranguape. Apesar do grande número de participantes no evento, a grande surpresa do evento foi feita com a juiza da cerimônia.
Durante a realização dos casamentos coletivos, a juíza Marina Melo, presidente da cerimônia do casamento civil foi surpreendida pelo seu noivo Tiago Luiz Araújo Almeida, que pediu a juiza em casamento diante da população em praça pública.
A desembargadora Zeneide Bezerra realizou a apresentação de Tiago, dizendo que os juízes realizam casamentos, mas também sentem vontade de casar. Em seguida, o noivo assumiu o microfone e fez o pedido de casamento à jovem juíza, o qual foi atendido, sob o aplauso de todos. “O amor tem que ser verdadeiro. Tem que ser sentido e o que eu sinto não encontro palavras para expressá-lo. Assim, peço inspiração a Santo Antônio para te pedir em casamento: Marina, quer casar comigo?” disparou o noivo inspirado. O que se seguiu foi um sorridente SIM, com direito a trocas de alianças.
O casal selará sua união no dia 21 de outubro, em plena praça pública de Baia Formosa, quando acontece a próxima edição do Justiça na Praça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;