sábado, 1 de outubro de 2011

Semelhança aos "Campos de Concentração": Obra da Rua do Peixe, em Canguaretama, é reiniciada cercada por ARAME FARPADO!!!

Vista lateral da Rua 15 de Novembro (Rua do Peixe). Note que a "cerca farpada" não oferece segurança aos transeuntes e trabalhadores que trafegam pelas calçadas.
Arame farpado enferrujado, pode causar tétano (por enquanto está em perfeito estado).
Onde se deveria recolocar tapumes foi armado o arame farpado. Será que os responsáveis não levaram em conta o risco de acidentes envolvendo brincadeiras de crianças ou uma possível lesão corporal aos idosos ou ainda, eventuais danos aos deficientes visuais que tem dificuldades em enxergar a cerca devido a grande interferência da luz solar mais intensa em alguns horários?


O Arame farpado é um material produzido especialmente para a construção de cercas para deter animais, principalmente animais domesticados como o gado vacuum mas também para restringir o movimento de pessoas. O arame farpado é também símbolo das guerras de fileira e teve aplicações militares que remontam a 1888, quando os militares britânicos o construíram manualmente. Atualmente, o arame farpado é usado para proteger instalações militares, prisionais ou particulares, assim como para estabelecer algumas fronteiras territoriais. Fonte: Wikipédia (adaptado).

No dia 11/06/11 a Prefeitura de Canguaretama interditou a rua 15 de Novembro, "Rua do Peixe", para dar início as obras de padronização da feira e cobertura da referida rua. Segundo comunicado efetuado pela prefeitura, por exigência da Caixa Econômica Federal, a rua seria interditada por um período de no mínimo um mês. A cobertura vai melhorar muito a situação dos comerciantes ambulantes e feirantes.
Imagem meramente ilustrativa
 Na foto explicitamos um ser humano gravemente ferido por acidente envolvendo arame farpado.

Conforme é demonstrado na tabela do PORTAL TRANSPARÊNCIA, o convênio foi publicado em 15/01/2008, ou seja na administração anterior a gestão do atual prefeito de Canguaretama. Porém, só agora foi dado início devido, dentre outros fatores, a liberação da verba (R$ 102,653,57). Todos os canguaretamenses esperam que o Centro seja concluído ainda nesta gestão.

 
Imagem da placa colocada paralela à Rua Getúlio Vargas, referente a obra  do Centro de Comercialização de Frutas, Verduras e Pescado do Município de Canguaretama/RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;