quinta-feira, 13 de outubro de 2011

TCE fará inspeção extraordinária na gestão de Wilma e Iberê

O Tribunal de Contas do Estado, através da Segunda Câmara de Contas, em sessão realizada esta semana, decidiu fazer uma inspeção extraordinária nas contas da Agência de Fomento do RN (AGN), durante os governos Wilma de Faria e Iberê Ferreira. A fiscalização abrangerá o quadriênio (2007/2008/2009/2010), quando o órgão foi presidido pelo economista Nelson Tavares Filho.
A decisão do TCE foi tomada a partir da análise das contas do governo do estado, referente ao ano de 2010, que constatou um exorbitante prejuízo nos cofres do órgão. “É imperativo a realização de uma inspeção extraordinária no âmbito da AGN, de modo que se possa investigar as possíveis causas, as conseqüências e as responsabilidades de vultoso prejuízo financeiro apurado no ano de 2010”, justifica no seu voto o conselheiro relator, Paulo Roberto Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;