terça-feira, 15 de novembro de 2011

Frutos de Canguaretama: Jackson Ferreira... Um grande exemplo para os filhos de nossa terra!

Brasília - Distrito Federal
Jackson Ferreira da Silva, Engenheiro Agrônomo, nascido em 06/05/1983, na cidade de Canguaretama - RN, teve sua infância marcada por grandes momentos e brincadeiras de rua compartilhada com os amigos do centro da cidade e em especial os da rua Benjamim Constant (rua do mufumbo). Ultimo filho de três, dos comerciantes (Antônio e Maria do cinema), que há mais de 30 anos trabalham como ambulantes (camelôs) em Canguaretama e região, desde criança já demonstrava sua vocação para a lida com o meio rural, criando e cuidando de várias espécies animal (como o caranguejo, passarinhos, cachorros) e cultivando o quintal de sua casa que considerava ser a sua fazenda, seu amor pelo rural por muitas vezes foi mal compreendido, rendendo alguns castigos por ir para o jiqui para ajudar na casa de farinha e comer beiju feito na hora, onde também ia andar de cavalo, tocar o gado no pasto e andar de carroça, onde o tempo parecia voar. 

Para meus companheiros potyguares que não conhecem, esse é o jurupensém. Peixe natural da bacia do paraguai, pesca no pantanal matogrossense.!!
Aos 16 anos, quando em buscando desbravar novos horizontes, foi estudar fora, no Colégio Agrícola de Jundiaí em Macaíba e após a conclusão do curso técnico, passou no vestibular para complementar sua sina em Mossoró fazendo o curso de Agronomia na antiga Escola Superior de Agricultura de Mossoró – ESAM, hoje denominada Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA. 
Atualmente encontra-se casado com a igualmente Engª. Agrônoma, Cláutenes com quem tem um lindo filho, o Antônio Nícolas os quais residem na cidadede Cáceres – MT, que fica encravada dentro do pantanal Matogrossense, na fronteira com a Bolívia. Apesar de já ter sido aprovado em alguns concursos públicos, a exemplo da ADEPARÁ, onde trabalhou por quase um ano; UFRN, onde optou por não assumir; e desde 2007, trabalha no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA, onde desde seu ingresso vem assumindo cargos relevantes, como chefe substituto, com uma breve passagem como chefe titular. 
Hoje é conselheiro do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural – COMDER, e responsável no INCRA, pela liberação, aplicação e fiscalização dos recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF, na região de sua jurisdição.

A estrada da vida nos leva onde nossa imaginação é incapaz de chegar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;