domingo, 18 de dezembro de 2011

Governadora assina protocolos e viabiliza distrito industrial em Goianinha



A governadora Rosalba Ciarlini assinou nesta quinta-feira (15), protocolo de intenções com três empresas que vão se instalar no novo distrito industrial, em Goianinha, na região Agreste do RN. As empresas Duo Foods (alimentos congelados), Sanovo Greenpack (embalagens para ovos) e San Marino (bebidas) se instalarão em 2012 no município e juntas representam um capital de investimento na ordem de R$ 68 milhões.
De acordo com os investidores das empresas, a localização do distrito industrial ao lado da BR-101 e a proximidade com os estados da Paraiba, Ceará e Pernambuco foram diferenciais para o RN captar as indústrias.
A governadora informou que serão 1.200 empregos diretos no distrito industrial, que vão favorecer não só Goianinha como as cidades no entorno. "No nosso primeiro ano de governo, já viabilizamos o distrito industrial de Goianinha e, com essas empresas, completamos 18 protocolos de intenção assinados", afirmou.
O prefeito de Goianinha, Júnior Rocha, agradeceu "pelo momento único para região Agreste com a chegada de um pólo industrial onde todas as cidades da região ganharão".
Rosalba frisou que "o caminho certo é esse: atrair empresas. Se o estado consegue ter mais receita pode investir em saúde, educação e qualidade de vida para população". De acordo com secretário-adjunto da Sedec, Américo Maia, a expectativa é que o novo distrito industrial atraia, pelo menos, 15 empresas somente em 2012.
As empresas
A Duo Foods S/A, indústria destinada à fabricação de alimentos congelados, vai investir R$ 50 milhões. A estimativa é que sejam gerados entre 400 e 1.200 empregos. A previsão do início de operação é novembro de 2013 e o faturamento anual estimado é de R$ 100 milhões, quando da estabilização da produção.
A Sanovo Greenpack Embalagens do Brasil Ltda. é um indústria de embalagens que projeta investir no Rio Grande do Norte cerca de R$ 13,5 milhões. A previsão é que sejam gerados 100 empregos diretos, com capacidade anual de produção de 78,8 milhões de unidades de produtos, devendo entrar em funcionamento em novembro do próximo ano.
Já a San Marino, destinada à produção, padronização e engarrafamento de bebidas alcoólicas, irá investir R$ 5,12 milhões com geração de empregos estimada em 90 diretos e 180 indiretos. Com previsão de inauguração para junho de 2013, a empresa tem capacidade anual de produção é de 7,2 milhões de litros e faturamento estimado em R$ 5,4 milhões para o primeiro ano de funcionamento. No geral, o faturamento anual estimado é de R$ 15.120.000,00, quando da estabilização da capacidade total de produção for vendida.

Por Assessoria Sedec

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;