sábado, 7 de janeiro de 2012

Canguaretama será beneficiada por programa do Ministério do Turismo voltado à Copa do Mundo


O Ministério do Turismo concluiu a definição de produtos e destinos turísticos próximos às 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Eles terão preferência na destinação de recursos e no destaque da promoção oficial prevista até o evento. Serão 88 produtos e 184 destinos brasileiros em municípios distantes até três horas (via terrestre) ou até duas horas (via aérea) dos palcos do Mundial. A ideia é incentivar o visitante a conhecer os atrativos localizados no entorno das sedes, aumentando o fluxo turístico, a distribuição de renda e a geração de emprego. Em Natal, além da capital, entraram na lista Tibau do Sul, Vila Flor, Canguaretama e Baía Formosa, tendo como "produtos" vendáveis as praias da Pipa a Baía Formosa. Barra do Cunhaú, Galos, Galinhos, Porto do Mangue, Macau, Touros e São Miguel do Gostoso também estão no rol dos que serão "vendidos". O anúncio de reforço na divulgação chega após um 2011 de baixa para o turismo potiguar, influenciado, entre outros fatores, pela falta de agressividade nas ações de promoção nos últimos anos, de acordo com empresários do ramo.
Entre campanhas e convênios, o Ministério do Turismo estima investir R$ 70,5 milhões em 2012 no país. Para a promoção internacional, a expectativa é a de que a Embratur tenha R$ 139 milhões, nacionalmente. Nas ações com vistas à Copa, os destinos que serão priorizados são fortes não apenas em sol e mar. Eles têm também vocação em áreas como ecoturismo, aventura, esporte, cultura, negócios, eventos e gastronomia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;