sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Defur prende traficantes em Canguaretama com cocaína e armas

Material apreendido com os três acusados.

 Policiais investigavam denuncias contra um grupo acusado por roubos a residências em Canguaretama.

Os policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) prenderam três pessoas em Canguaretama, nessa quinta-feira (16), acusadas por tráfico de drogas e posse de armas e munições.
Segundo o delegado titular da Defur, Atanásio Gomes, os policiais investigavam denúncias contra um grupo que estaria roubando residências em Canguaretama. “Os policiais já estavam de campana há alguns dias e ontem conseguimos flagrar-los com uma grande quantidade de droga”.
Ronildo Santos de Oliveira, Joana D´Arc Alves de Oliveira, e Jailson Dionísio Duarte foram presos em um Celta, e nele os policiais apreenderam cerca de 1 Kg de cocaína, e uma espingarda calibre 12.
Os policiais civis ainda realizaram buscas na residência da Joana D´Arc e de um jovem conhecido como “Iranildo Rato”, em Mãe Luíza, na Zona Leste de Natal. Segundo o delegado, a casa da Joana D´Arc funciona como um laboratório artesanal de crack.
Nas duas residências os policiais apreenderam 13 pedras, grandes, de crack, trouxinhas de maconha, além de 21 munições de revólver calibre 38, vários celulares e relógios.
No início deste mês, Jailson chegou a ser abordado pela Polícia Militar, no mesmo veículo, próximo a catedral de Natal. Ele estava acompanhado por um dos presos que conseguiram escapar de Alcaçuz, na fuga considerada histórica, em janeiro passado, mas foi liberado minutos depois.

Fonte: nominuto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;