quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

PALAVRA DO DIA...

O cetro do ímpio não permanece

“Porque o cetro da impiedade não permanecerá sobre a sorte dos justos, para que o justo não estenda as suas mãos para a iniqüidade.” (Salmo 125:3)


Uma das coisas mais insuportáveis é a injustiça. Ninguém gosta ou deseja ser injustiçado, nem tampouco viver sob o governo (domínio) de um tirano, seja na esfera política, no trabalho, ou dentro do seu próprio lar. A palavra de hoje nos garante que ‘o cetro da impiedade não permanecerá sobre a sorte do justo’, ou seja, o governo, o domínio da impiedade não é para sempre sobre o justo. Chega um tempo determinado que o ímpio cai e o justo resplandece. Vimos alguns casos recentemente a nível mundial: Sadan Russen e Muahmar Kadafy.

Por: Fernando Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;