sexta-feira, 20 de abril de 2012

Crianças da LBV visitam Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do RN


A garotada atendida no programa LBV – Criança Futuro no Pressente!, visitaram na manhã da última sexta-feira 20, o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar no estado do Rio Grande do Norte. Na ocasião o Coral Ecumênico Infantil Boa Vontade, apresentou um musical e danças folclóricas aos profissionais que integram o serviço Militar.
No local a meninada conhecerão o trabalho técnico e operacional do policiamento, com apresentação do Canil, Unidade Especializada do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), e do Grupo de Teatro Absolutas, composto por Policiais Militares Femininas, que de forma descontraída conscientizaram as crianças a não realizarem trotes para o 190.
A visitação ao Comando Geral pelos atendidos da LBV é uma das formas de interagir com a sociedade as formas de atuação do policiamento junto a população de forma em geral com enfoque aos valores éticos e morais da Instituição.  Após as apresentações culturais as crianças entregaram um quadro ao Comandante Geral Francisco Canindé de Araújo, no ato representado pelo tenente-coronel Zacarias Mendonça, ressaltou: “Queremos agradecer pela brilhante apresentação cultural da meninada. Vocês são muitos bons no que fazem. Parabéns, pelo trabalho da LBV”. Acrescentou ele.
A Legião da Boa Vontade atende centenas de crianças em situação de vulnerabilidade social no país, e a Policia Militar sempre foi fundamental no apoio das ações da Instituição.


Visite e ajude! Em Natal, a LBV atua por meio do seu Centro Comunitário de Assistência Social localizado na Rua Dos Caicos, 2148 – Dix-Sept Rosado. Informações: (84) 3613-1655.

Fonte: Arivaldo Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;