sexta-feira, 27 de abril de 2012

Dois homens que estavam em um carro com placa de Baía Formosa são surpreendidos e executados em Parnamirim



Um clima de terror e mortes marcou a noite da última quinta-feira (26), na cidade de Parnamirim, região metropolitana de Natal. Após o registro de um homicídio que vitimou um adolescente de 16 anos, em Passagem de Areia, a polícia contabilizou um duplo homicídio no bairro de Bela Parnamirim. As vítimas foram mortas com tiros na cabeça após serem perseguidas por um trio em duas motocicletas.
De acordo com a polícia, Adriano Tomaz da Silva, de 30 anos, e um homem identificado apenas por Ailton estavam em um veículo tipo Versailles, de placas MXQ-1345, de Baia Formosa, quando foram surpreendidos pelos executores. As vítimas forma mortas com tiros de revólver calibre 38.
Ainda segundo os policiais do 3º Batalhão, que chegaram ao local e colheram as primeiras informações, Adriano e Ailton transitavam pela rua Santo Antônio quando os motoqueiros se aproximaram e efetuaram dezenas de disparos em direção a eles. Adriano morreu ainda dentro do carro, já Ailton abriu a porta e tentou correr.
Um dos executores disparou a arma e atingiu Ailton, que caiu morto em via pública. Uma grande multidão de curiosos e moradores se formou logo após os criminosos deixarem o local. Algumas pessoas afirmaram que existia uma terceira pessoa no carro que teria escapado da morte, no entanto, essa informação não foi confirmada pela polícia.
A mulher de Adriano chegou ao local e se desesperou ao ver o marido morto. Uma amiga do casal teve que ampará-la. A jovem, que terá seu nome preservado, disse a reportagem do Portal BO que Adriano não tinha problemas com a polícia e nem com inimigos.
"Eu não sei por que fizeram isso com meu marido. Eu queria só saber o por que de tanta maldade", desabafou. Informações extra-oficiais dão conta que a dupla morta cometeu uma série de assaltos nesta noite e que o crime teria relação com esses fatos.


Fonte: Nova Cruz Oficial do Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;