sábado, 14 de abril de 2012

Goianinha/RN: MP instaura inquérito para investigar concurso público



O Ministério Público através da Promotora de Justiça de Goianinha, Marília Regina Soares Cunha, instaurou inquérito civil para apurar irregularidades no concurso público municipal.
O MP recomenda a prefeitura de Goianinha que adote as providências necessárias para conferir legalidade da contratação da Fundação João do Vale como empresa responsável pela realização do certame, como também a comprovação da nulidade do concurso público de provas e títulos.
 A prefeitura tem o prazo de trinta dias para a abertura de um novo procedimento licitatório para contratação de empresa para elaboração de concurso englobando todos os cargos que atualmente são ocupados por profissionais contratados sem concurso público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;