terça-feira, 15 de maio de 2012

Artigo da Tribuna do Norte: Situação Turística da Praia de Pipa é Muito Delicada.


 No último sábado 12/05, a coluna de turismo do jornal Tribuna do Norte trouxe um relato da situação que o destino Pipa vem vivendo ultimamente em relação ao setor do turismo.

Leia o artigo na íntegra:

É muito delicada a situação da Pipa, sob a ótica turística. O vilarejo está quase todo à venda. Hotéis, pousadas, restaurantes e butiques procuram - desesperadamente - arrendatários. Amargam prejuízos e não vislumbram melhorias. O acesso Goianinha-Pipa continua precário (cadê a nova estrada?), os planos de urbanização não emplacam, os bolsões de drogas pesadas são cada vez mais evidentes por lá, a segurança inexiste e os assassinatos começam a despontar. Some-se a isso um detalhe que espanta o turista: a Pipa é cara. Até mesmo grupos de amigos de Natal que faziam bate-e-volta com motoristas particulares para usufruir da gastronomia pipense, já não o fazem tanto. De segunda a quinta-feira, o vilarejo está vazio, triste, com muitas lojas fechadas. No final de semana, graças aos sites de compras coletivas e a força que o destino ainda exerce na Paraíba e em Pernambuco, ainda há alguns focos de turistas. Mas é outro tipo de visitante. O perfil mudou abruptamente. A CVC, que poderia ser a salvação da Pipa, já que estava de olho na ampla oferta de seis mil leitos, envia cada vez menos turistas para lá. Na alta estação já chegou a ter 300 hóspedes por semana. Atualmente, oscila entre 50 e 80 visitantes a cada sete dias. É uma pena. A Pipa já foi - e deveria continuar sendo - um charme. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;