quinta-feira, 10 de maio de 2012

Canguaretama/RN: Professores da rede pública municipal fazem parada em Praça Pública no dia 10 de Maio!!!



Nesta quinta feira, dia 10, ocorre a parada pela Educação. A partir das 7 horas, os professores estarão em praça pública, fardados e unidos.

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES:
  • Reajustes do piso salarial da categoria referentes aos anos de 2010, 2011 e 2012, de acordo com a Lei federal nº 11.738/2008;
  • Licenças prêmios de acordo com a Lei municipal nº 846/2009;
  • Quinquênio de acordo com a Lei municipal nº 846/2009;
  • 1/3 da jornada para planejamento de acordo com a Lei municipal nº 846/2009 e com a Lei federal nº 11.738/2008;
  • Depósito dos descontos do INSS feitos em contracheques;
  • Gestão Democrática nas escolas;
  • Ambiente digno de trabalho;
  • Transparência nas contas públicas;
  • Plano de carreira para os funcionários da educação;
  • Disponibilidade dos membros do sindicato.

2 comentários:

  1. "A consciência é muito bem educada. Deixa logo de falar com aqueles que não querem escutar o que ela tem a dizer." Autor - Butler , Samuel.

    ResponderExcluir
  2. boa tarde a todos e a todas, fico triste em saber que um movimento que tinha tudo pra ser correto e justo esta entrado pro lado politico partidário,e com isto no meio da guerra estão os professores que ainda não acordaram pra saber de fato diferenciar o que é direitos, alguns professores servindo de fantoches e achando que estão fazendo o que é correto. vamos lá intelectuais, formadores de opinião. Só uma pequena pergunta pq será que o Fabrício Maranhão não parou? se era uma parada Estadual? Ana cristina

    ResponderExcluir

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;