quarta-feira, 30 de maio de 2012

Ministério Público processa Wilma de Faria por propaganda antecipada


A ex-governadora Wilma Maria de Faria, o ex-prefeito de Pau dos Ferros, Francisco Nilton Pascoal de Figueiredo Faria e o suplente de deputado estadual Pio X Fernandes foram denunciados à Justiça Eleitoral por propaganda antecipada. A representação foi feita pelo promotor Rodrigo Pessoa de Morais, da Promotoria Eleitoral da 40ª Zona contra os três políticos, acusados de terem promovido a candidatura de Figueiredo à prefeitura de Pau dos Ferros durante. A propaganda eleitoral teria ocorrido durante o 15º Nilton Folia, em comemoração ao aniversário do ex-prefeito.
A representação do Ministério Público Eleitoral teve como base uma filmagem em que consta a cobertura de todo o evento. “Através da filmagem, é possível identificar a utilização de um trio elétrico com locutor, a toda hora fazendo elogios a Nilton Figueiredo”. Segundo o MPE, os políticos desfilaram em carro aberto, juntamente com diversas lideranças da região, sendo seguidos pela população nas ruas da cidade. “Também fica claro”, diz o MPE, “que o evento contou com discurso dos três políticos, em apoio ao pretenso candidato. Em seguida, houve show com bandas”.

Ainda de acordo com a representação, em um dos trechos da filmagem Wilma de Faria afirma: “vamos à vitória e parabéns Nilton”. A promotoria ainda afirma que “o discurso de Pio X Fernandes também possui explícito caráter eleitoral”. A representação enfatiza, ainda, que a fala de Nilton Figueiredo teve nítida intenção de angariar votos, visando uma futura candidatura. A gravação demonstra que, antes de o ex-prefeito iniciar a fala, o locutor conclama a população a gritar o nome dele, sendo seguido por intensa queima de fogos.

O MP eleitoral quer que os três políticos sejam obrigados judicialmente a pagar multa de até R$ 25 mil, em virtude da divulgação da pré-campanha de Nilton Figueiredo antes do período permitido por lei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;