sexta-feira, 11 de maio de 2012

Municípios Podem Inscrever Projetos que Contribuam na Luta Contra o Crack

Os Municípios podem inscrever projetos que contribuam para a reinserção social de pessoas com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas a serem desenvolvidos por instituições que prestem serviços em regime de residência.
Podem participar da seleção entidades privadas sem fins lucrativos que exerçam atividades de natureza continuada na área de Saúde e que comprovem ter desenvolvido, durante os últimos três anos, atividades referentes ao tema.
Segundo o edital, “as consequências sociais e para a saúde, decorrentes do uso de drogas, em particular o crack e o álcool, destacam-se como um tema que envolve toda a nação, tratando-se de uma questão complexa e com múltiplas determinações”.
O edital informa o que o Observatório do Crack já divulga ao espalhar as boas práticas municipais e de inúmeras entidades não governamentais que têm acolhido e abrigado pessoas com necessidades decorrentes do uso, o abuso ou da dependência de crack, álcool e outras drogas.
Com informarções do saltonarede.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;