sexta-feira, 1 de junho de 2012

Acidentes com motos já respondem por 50% das mortes nas rodovias federais no RN

Reportagem da Tribuna do Norte de hoje mostra esse número alarmante sobre mortes com motociclistas no RN. Segue:
Os acidentes envolvendo motocicletas já respondem por 50% das mortes nas rodovias federais do Rio Grande do Norte. A estatísticas do Hospital Walfredo Gurgel, para onde vai a maioria das vítimas de acidentes de trânsito que ocorrem em Natal e no interior do Estado,   reforçam esse dado, pois das 5.291 pessoas feridas que deram entrada  naquele pronto-socorro no ano passado, 59,61% eram  motoqueiros.

De acordo com o Departamento da Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Norte, nos últimos cinco anos, o percentual de mortes sobre veículo de duas rodas, nas BRs , que   foi de 29,38% em 2007, subiu para 43,72% no ano passado e somente neste primeiro semestre de 2012, foi a 50%.
Segundo o Núcleo de Acidentes da PRF, em 2007 morreram 177 pessoas vítimas de acidentes nas rodovias federais que cortam o Rio Grande do Norte, sendo pilotos ou carona de motocicletas. Em 2011, o número total de mortes foi de 183, dos quais 80 vítimas viajavam de motocicletas. Em 2012, essa relação foi 54 mortes, das quais 27 em duas rodas.
O índice de pessoas feridas também chama a atenção da PRF, pois dos 1.612 feridos, 632 ou 39,2% estavam em cima de uma moto. Já no ano passado foram 2.124 feridos, dos quais 1,157 (54,47%) estavam em duas rodas. Em 2012, dos 658 feridos, 350 (53,19%) envolveram-se em acidentes com motos.
As estatísticas do Hospital Walfredo Gurgel, que é referência em atendimento de politraumatismo no Estado, mostram que dentre as 5.291 vítimas ali socorridas, 3.154 eram motoqueiros, enquanto 997 eram passageiros de veículos automotores, 418 motoristas e 722 pedestres. No primeiro trimestre deste ano, a relação continua a mesma, o maior número de vítima é de motoqueiros (1.593), contra 335 pedestres, 168 motoristas e 513 pedestres.

Com informações do blogdobg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;