segunda-feira, 16 de julho de 2012

Canguaretama/RN: Repovoamento de peixes em Barra do Cunhaú obteve 100% de êxito!


Imagem meramente ilustrativa

Êxito: Com grande participação de crianças, foi realizada na manhã do último sábado o repovoamento, em águas estuarinas do Cunhaú-Curimataú, de 1.400 alevinões de Bejupirá. A ação foi coordenada pela Diretora Executiva da CAMANOR, Sra. Marisa Sonehara. Presentes, os empresários Werner Jost, Presidente da Camanor, a bióloga. Ana Carolina Guerrelhas, Presidente AQUATEC, a Dra. Maria Cláudia, também da Aquatec, o Sr. Abraão Lincoln Júnior, Superintendente do Ministério da Pesca e Aquicultura no RN, Pastor Valdir, presidente do PRB-RN, Engº de Pesca Elizeu Augusto de Brito, Coordenador da Subsecretaria de Pesca e Aquicultura da SAPE-RN, Sr. Antonino Bezerra, Subcoordenador de Pesca da SAPE-RN, biólogo Sílvio Roberto Pinheiro Paula, da SAPE-RN. 
Em peso, alunos da AIBA - AssociaçãoÍtalo-Brasileira de Barra do Cunhaú, orientados pela Prof.ª Socorro Teixeira comparecerem e intensamente do evento, inclusive, com baldinhos, ajudando no peixamento nas águas crescentes do Cunhaú. Prestigiaram o evento, entre outros, autoridades locais e pescadores e um grande público em geral. O Biólogo Reginaldo Nunes da Silva representou a Secretaria de Meio Ambiente de Canguaretama. Da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, também presente ao acontecimento, o Professor Antônio Alberto Cortez. Toda a operação contou com a competente participação de técnicos da Camanor orientados pelo Dr. Ronaldo, engenheiro de pesca responsável pelo segmento piscícola da referida empresa, da Sra. Ingrid. O evento obteve cobertura jornalística da Inter TV-Cabugi, filiada à Rede Globo no Rio Grande do Norte.

Um comentário:

  1. Repovoamento, como assim?! Desde quando é pescado Rachycentridae, bejupirá, no estuário de Barra do Cunhaú?! Esse peixe não vive no estuário. Uma ação dessa, sem conhecimentos sobre a espécie e o ecossistema pode afetar toda estrutura trófica do ecossistema em questão.

    ResponderExcluir

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;