quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Barra do Cunhaú/RN: Rodovia Dr. Sávio Vieira clama por mais atenção às autoridades municipais!!!

Quem trafega em direção à Canguaretama pela BR-101 vindo de natal, facilmente irá perceber a ausência de placas que divulguem ou informem a localização da Praia de Barra do Cunhaú, esta deficiência ocorre também em outro trecho da mesma BR, no sentido para quem vem à Canguaretama partindo de João Pessoa-PB.
Da forma com aí está, fica cada vez mais difícil para os turistas descobrirem nosso paraíso tropical, a Praia de Barra do Cunhaú. Já as praias vizinhas do Sagi e Baía Formosa, apresentam boa divulgação ao longo da BR.
Além do mais, a Rodovia Dr. Sávio Vieira, principal acesso que liga o centro da cidade de Canguaretama à Barra do Cunhaú, apresenta suas margens totalmente cobertas pelo matagal, sem visibilidade de acostamento e pouca sinalização. Outro fator negativo é a grande presença de animais soltos na pista, ocasionado grande risco aos motoristas que trafegam pelo local.
O Blogsite Canguaretama em Chamas faz uso deste espaço para cobrar ao Prefeito da cidade que tome as providências cabíveis, tornando a Rodovia Dr. Sávio Vieira mais segura, trafegável e dinâmica para o acesso no sentido ida/vinda à nossa linda Praia de Barra do Cunhaú. Além disso, pedimos maior atenção do nosso poder executivo municipal  no sentido de divulgar nossas belezas, bem com os acessos,  através de políticas públicas dentro e fora do RN, para que o povo de Canguaretama venha a ter o máximo de benefícios oriundos do turismo em nossa cidade.
De acordo com uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Transporte mais da metade das rodovias do Rio Grande do Norte, entre estaduais e federais, estão em estado regular, ruim ou péssimo. As melhores rodovias são as federais, que aparecem, em sua maioria, com classificação “bom”.
A pesquisa percorreu 1.764 quilômetros de rodovias no Rio Grande do Norte e constatou que seriam necessários R$ 565,5 milhões para restaurar ou manter os trechos danificados no Estado. Foram verificados trechos com trincas, buracos, ondulações, afundamentos e desgastes. Porém, a pesquisa não registrou nenhum trecho totalmente destruído. Os principais problemas verificados foram de sinalização e de geometria.

Leia também outra matéria publicada no BLOG S.O.S CANGUARETAMA clicando AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;