terça-feira, 30 de outubro de 2012

Idosa de 74 anos é presa com pedras de crack na vagina

Ela negou ser dona da droga e disse que a neta escondeu em sua calcinha enquanto dormia.
Uma idosa de 74 anos foi presa em flagrante na segunda-feira (29) com 55 pedras de crack escondidas na vagina. Berenice Alves Fernandes e a neta, Glaucia Fernandes Bispo, 33 anos, foram autuadas por tráfico de drogas e associação ao tráfico.
As duas foram presas na localidade do Cajueiro, na Boca do Rio, onde moravam. A polícia foi chamada por moradores incomodados com o barulho de uma festa em frente à casa da idosa. Os policiais chegaram e notaram o uso de drogas no local. Ao perceber a presença dos investigadores, Glaucia ficou nervosa e tentou se esconder. Os policiais notaram e a seguiram até dentro de casa, onde encontraram também a avó.
Nervosas, as duas se recusaram a responder as perguntas dos policiais. Uma policial então revistou as duas e encontrou com a idosa 55 pedras de crack e com Glaucia R$ 132 provenientes da venda de drogas na festa. Berenice negou que a droga fosse sua e alegou que a neta, para evitar o flagrante, correu para casa e colocou o pacote com crack em sua calcinha - ela estaria dormindo e não notou. A droga foi encontrada em um saco plástico na vagina da idosa.
correio24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;