quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Parnamirim/RN: Estudante de Direito suspeito de estupros é preso em flagrante


O estudante de Direito Rodrigo Cesar da Silva Costa, de 32 anos, foi preso em flagrante delito, na noite desta quarta-feira (21), por policiais da Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher de Parnamirim, depois de um trabalho de investigação coordenado pela delegada Patrícia de Melo Gama Paz. Ele tentava estuprar mais uma mulher quando foi detido.
Há 15 dias quatro vítimas foram até a Deam prestar queixa contra um homem que estava agindo nas proximidades do Posto Dudu, em Emaús, e relataram as mesmas características. O homem abordava as mulheres e obrigava que elas subissem em sua moto, sob ameaça de morte.
Depois, ele levava as vítimas até uma pista por trás do Posto Dudu. De acordo com a polícia, o suspeito carregava uma bolsa com um lençol para colocar no chão e realizar o crime de estupro. Diante dos relatos das quatro vítimas, a polícia montou campana no local indicado e, na noite de ontem, flagrou Rodrigo chegando ao local com mais uma mulher.
O chefe de investigação da Deam de Parnamirim, Adonis de Azevedo, estava no local e fez o flagrante. Ele informou ao Portal BO que Rodrigo Cesar é um é ex-militar da Aeronáutica e, por isso, conhecia bem o local para onde levava as mulheres. Diante do flagrante, o homem acabou confessando os estupros.

Mochila continha diversos itens usados na ação criminosa (Foto: Ricardo Araújo/G1)

A Polícia Civil espera agora que através da divulgação das imagens do suspeito outras possíveis vítimas possam reconhecê-lo e irem até a delegacia. Rodrigo usava uma motocicleta para carregar as mulheres e chegava a dá um capacete rosa para elas usarem.
"Até agora, confirmamos o crime contra quatro mulheres. O número poderá ser maior. Estamos identificando mais duas vítimas do Rodrigo César e esperamos confirmar em breve", afirmou o chefe de investigação da Deam, Adonis de Azevedo.



Entrada do matagal usado por Rodrigo César para os estupros (Foto: Ricardo Araújo/G1)

Fonte: Dedé Camilo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;