segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Canguaretama/RN: Polícia Rodoviária Federal prende trio potiguar armado durante operação na madrugada!!!

O trio foi preso em Canguaretama com armas e uma caminhonete roubada (Foto: Divulgação/PRF)

A Polícia Rodoviária Federal prendeu três homens armados na madrugada do sábado para o domingo (3) na BR-101 na altura do Km 176, no município de Canguaretama, próximo à divisa com a Paraíba. O trio estava numa caminhonete que vinha de Paraíba e recebeu a ordem de parada dos policiais durante uma operação na rodovia. Durante a revista, os policiais descobriram duas pistolas calibre 380 e uma outra .40, além de cinco carregadores de munição. Duas das armas tinham queixa de roubo. Além das armas, a PRF também verificou que o carro havia sido roubado e que o chassi havia sido adulterado.
Um dos suspeitos, de acordo com a polícia, já cumpriu dois anos de pena por roubo e atualmente era considerado foragido do regime semiaberto. “Foi uma abordagem casual, de rotina. Quando o veículo em que eles estavam foi parado, eles ficaram muito nervosos. E isso levantou a suspeita de que havia algo errado. O carro foi revistado e os inspetores encontraram três pistolas”, revelou o delegado.
Ainda de acordo com Normando Feitosa, a pistola de calibre ponto 40, tem queixa de roubo e pertence à Polícia Militar do RN. “As outras duas armas, de calibre 380, também têm queixa de roubo. Uma é de um comerciante de Mossoró. A outra, de uso particular de um PM”, acrescentou o delegado.
Ainda há a suspeita de que o trio praticava assaltos em Natal.

Fonte: NovaCruzOficial do G1 RN (adaptado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;