quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Pedro Velho/RN: Homem é preso suspeito de matar e decapitar seu vizinho !!!

Um homem identificado como José Vieira da silva, de 38 anos foi preso, no início da manhã desta quinta-feira (21)...

Suspeito de matar e decapitar o vizinho dele, na cidade de Pedro Velho. O crime foi registrado na noite desta quarta-feira (19) e a vítima foi identificada como José Ailton Alves Gomes, de 31 anos.
O capitão PM Luís Carlos, comandante do policiamento naquela cidade, disse ao Portal BO que o acusado havia brigado com a esposa dele, dentro de casa, na noite de ontem, e ao sair encontrou José Ailton na rua. “Sem nenhum motivo, apenas por ser um homem violento, ele partiu para cima do vizinho e desferiu golpes de foice”, revelou o policial.
A vítima foi atingida por vários golpes e acabou tendo a cabeça degolada. Logo depois, José Vieira fugiu com destino ignorado. Ainda de acordo com o capitão Luís Carlos, no início da manhã de hoje, os policiais militares estavam em diligências e acabaram visualizando o suspeito saindo de dentro de um matagal.
“Fizemos a abordagem e o encontramos, inclusive, carregando a arma do crime. De imediato, demos voz de prisão e ele não reagiu”, completou. José Vieira foi levado para a Delegacia de Pedro Velho, onde os policiais descobriram que o suspeito já respondia por lesão corporal contra a esposa e tinha um histórico de violência.
Em entrevista ao programa O Povo no Rádio, da 96FM, o suspeito José Vieira disse que matou o vizinho com medo de morrer. “Ele disse que iria atear fogo na minha casa e, por medo, eu fui lá e matei”, declarou. De acordo com José Vieira, a vítima do homicídio teria ameaçado jogar gasolina e depois fogo na casa. “Eu me arrependo, porque não é certo tirar a vida de ninguém”.

Para ver o suspeito clique AQUI!!!

Fonte: Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;