quinta-feira, 14 de março de 2013

Prefeitura Municipal de Canguaretama irá apresentar procedimentos para solucionar questões a respeito da convocação dos aprovados no concurso 2011 !!!


O Blogsite Canguaretama em Chamas fazendo uso do seu caráter informativo e de responsabilidade social e atendendo a diversos e-mails oriundos de cidadãos aprovados em concurso público na cidade de Canguaretama em busca de respostas sobre quando seriam convocados a tomar posse de seus respectivos cargos, entrou em contado com Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Canguaretama, a qual fazendo uso da nota que segue logo abaixo, afirmou categoricamente que:
O executivo municipal vai cumprir com o prazo estipulado pela portaria 21, de 11 de janeiro de 2013, que suspendeu todas as convocações dos aprovados no concurso realizado em outubro de 2011 que foram feitas através dos editais 19, 20 e 21, no ano de 2012, pelo prazo máximo de 90 dias.
Sendo assim, até o dia 11 de abril, a Assessoria Jurídica vai apresentar os procedimentos que serão adotados para solucionar a questão, tomando como base o relatório que já está em fase final de elaboração e que será entregue a Promotoria de Justiça de Canguaretama e outros órgãos de fiscalização. O prazo foi fixado para que o Executivo pudesse apurar a real necessidade das nomeações e a existência de vagas e de previa dotação orçamentária para atender as projeções das despesas, já que 367 pessoas foram convocadas para preencher 147 vagas, tendo a convocação de 50% delas, inclusive, acontecido na última semana de 2012. A portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado.

Prefeitura Municipal de Canguaretama-RN
Assessoria de Comunicação Social
Octávio Santiago: 3241-1902/ 9930-2300


Um comentário:

  1. Já saiu no site da Femurn desde o dia 4 de abril:

    http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/materia/790995#

    ResponderExcluir

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;