quinta-feira, 7 de março de 2013

Qual a melhor solução para a destinação do lixo produzido pelas cidades no interior???


Uma das questões mais importantes a ser resolvidas pelos atuais prefeitos é a correta e regular destinação do lixo produzido pela população dos seus respectivos municípios. A questão é mais complexa do que a principio parece, pois não se trata de coletar o lixo nas áreas urbana e rural e deposita-lo em um local previamente selecionado. Envolve aspectos tão abrangentes como impacto no meio ambiente, condições de saúde e de controle de pragas, aspectos relacionados aos hábitos e costumes da população em relação à educação ambiental, hábitos alimentares, etc.
Por sua vez o governo federal está chamando à responsabilidade os prefeitos a resolverem este problema de forma definitiva e correta até o ano de 2014, sob pena de sofrerem restrições quanto à liberação de recursos, além de outras sanções.
Do ponto de vista da estrutura dos pequenos municípios, resolver o problema de forma definitiva e correta é onde exatamente reside o problema.
Inicialmente trata-se de uma questão que pela sua importância do ponto de vista ambiental e de politica de saúde pública, ultrapassa as fronteiras de um município, então ao meu julgo devem os senhores prefeitos, pelo menos de municípios limítrofes, se unirem em consorcio para que de forma conjunta possam construir aterros sanitários aonde possam ser acondicionados de forma sustentável os resíduos sólidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo o conteúdo postado em forma de comentário é de total responsabilidade do autor do mesmo!
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;